Gostando ou não gostando da trama, algo inegável é que “Meu amor, Meu bem, Meu querido” é surpreendente. Através da capa e do título, esperamos uma história um pouco diferente da encontrada, e independentemente se é para o lado bom ou ruim, acabamos nos surpreendendo com Ruby McQueen.

A nossa protagonista é uma garota de 16 anos que vive na cidade de Nine Mile Falls. Conhecida por não possuir muitas amizades e sempre se dar bem na escola, ela está prestes a mudar de comportamento e rever suas atitudes quando conhece Travis Becker, um lindo, charmoso e rico garoto das redondezas.

O único problema é que, assim que Travis aparece, o perigo também. Ao perceber isso, Ann, mãe de Ruby, faz o possível para mantê-la ocupada, e distante do encrenqueiro. Ann é bibliotecária e também possui seus problemas amorosos, mas passa o seu tempo livre com o clube de leitura semanal que criou. Então, ela arrasta Ruby para os encontros e ambas acabam descobrindo que, além de boas leituras, o clube reserva uma grande surpresa para todos os integrantes...

Como já citei, posso definir o livro como sendo uma surpresa. Eu esperava encontrar uma história de amor ao estilo de Belo Desastre, sendo que até o nome da personagem masculina se repete, mas acabei lendo sobre as dúvidas de uma garota em relação a si mesma. Em paralelo, e, talvez, até mais interessante, há a história do clube de leitura, que me garantiu algumas risadas, mas pareceu-me um pouco forçada.

Criei um pouco de expectativas para ler este livro, pois zanzando pela blogosfera literária, pude perceber que muitas pessoas o adoraram. Para mim, é um livro sem açúcar, que serve para passar o tempo, mas não possui um diferencial interessante. Um conselho? Leia. Mas com expectativas baixas. Quem sabe ele não te agrade?


9 Comentários

  1. kellenbaesso06/06/2013 08:25

    Oi, Alana! Para mim o livro foi super gostoso. Traz uma história bem diferente das apresentadas até agora com uma protagonista "adolescente". O foco não foi no amor proibido e do mal, mas nas coisas que ela poderia aprender e aprendeu.
    A história das Rainhas das Caçarolas foi o ápice para mim. Amei o romance de lá e os integrantes foram incríveis. Gostei muito da leitura.
    Mas as leituras são assim mesmo, né? Como as pessoas não têm os mesmos gostos, acabam absorvendo de forma diferente o conteúdo. Pena que você não gostou.
    Beijos! :)

    ResponderExcluir
  2. Eu achei o livro bem gostozinho, sem grandes pretensões, APÓS eu perceber que o romance era um segundo plano. Gostei do livro justamente porque fugiu deste estilo de menina boa encontra menino mal. Mas concordo que não é nenhum livro ótimo. Foi um leitura ótima para mim sair de uma ressaquinha literária... rs

    ResponderExcluir
  3. Luara Cardoso08/06/2013 17:55

    Ah, eu estou TOTALMENTE sem expectativas para esse livro. Ele parece ser meio sem graça, daqueles que só são para passar o tempo.
    Talvez eu goste de lê-lo em um momento mais a frente, mas não agora.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  4. Olá, boa noite ^^
    Puxa, pena que o livro não foi como o esperado :/ É ruim quando isso acontece.
    Já tinha ouvido falar desse livro uma vez, parece ser uma história bem leve; vou tentar ler algum dia ^-^
    Beijinhos e boas leituras.
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Pois é, infelizmente não gostei tanto assim, Kellen. Até porque eu esperava algo, através da sinopse e do título, e fiquei bem impressionada por ter encontrado uma coisa tão diferente. A história do clube realmente é a parte mais interessante, hehe. Beijos, e obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir
  6. Dependendo do momento, pode ser uma ótima leitura mesmo. Eu estava precisando de um livro que me puxasse, e não consegui ser "presa" por ele, mas a história é criativa até.
    Fico triste que o título não combine com o livro, pode ter enganado muitas pessoas, né?

    ResponderExcluir
  7. Oi Isabelle, realmente é uma história leve e pode ser bem divertida se você souber que o romance não é o foco do livro.
    Espero que você goste quando lê-lo. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Vanessa Sueroz10/06/2013 07:30

    Oie,
    se segue belo desastre acho que vou gostar. Estou curiosa para ler esse livro. Tem gente falando que gostou e que odiou, então vou ter que ler para ter uma opinião dele.


    bjos


    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Pois é, Vanessa!
    Eu não amei e nem odiei, só não gostei da leitura, pode ser pelo momento também...
    Espero que você aprecie =)
    Beijos.

    ResponderExcluir